Marcar

Ginecomastia (Mama masculina)

A gigantomastia é causada por um desenvolvimento excessivo da glândula mamária no homem. Consoante o grau da ginecomastia, o tratamento cirúrgico poderá ser a lipoaspiração, a mastectomia subcutânea (remoção da glândula mamária) ou associação de ambas.

A cirurgia consiste em realizar uma incisão pequena em forma de semicírculo na parte inferior da aréola, na transição da areola para a pele. A cicatriz não é aparente e fica praticamente invisível com o tempo. O cirurgião retira a glândula de consistência dura e aumentada, que deverá ser examinada por um anatomopatologista. Nos casos de ginecomastia adiposa, a cirurgia pode ser feita com lipoaspiração da gordura mamária. Nesse caso, o ‘caroço’ que se apalpa é pequeno e o tratamento pode ser feito através de um pequeno orifício, praticamente imperceptível ao fim de algum tempo.

A escolha de anestesia local ou geral é de preferência pessoal e depende em parte do tamanho da mama e da técnica utilizada, mas em geral é efetuado o tratamento com anestesia local, com sedação e sem internamento.

AGENDE A SUA CONSULTA AQUI» 





Fale com quem sabe

Ligue
Telefone (+351)
213 806 250

ou marque Online

Escolha o dia e a hora
e confirmamos rapidamente

Subscreva a Newsletter
E receba todas as novidades e promoções

 
* (Dados Obrigatórios)