Marcar

Otoplastia | correção de malformações nas orelhas

Esta cirurgia visa corrigir as imperfeições estéticas das orelhas causadoras de efeitos psicológicos negativos, sobretudo em crianças. Em função disso, a idade ideal para se fazer uma otoplastia é a partir dos 5 anos, quando as orelhas já estão formadas e praticamente com seu tamanho definitivo.

Esta cirurgia implica numa incisão atrás da orelha, por onde se retira o excesso de pele e se molda a cartilagem a fim de corrigir eventuais contornos defeituosos. A orelha é então suturada numa posição dentro dos padrões normais.

A otoplastia é uma cirurgia tecnicamente difícil, pois requer um trabalho minucioso, mas tem a vantagem de não provocar grandes deslocamentos e agressões ao organismo. As cicatrizes ficam praticamente invisíveis, localizadas no sulco entre a orelha e o crânio. Em geral, é usada anestesia local associada a um leve sedativo. A anestesia geral pode ser recomendada em alguns casos.

É usual não haver dor no pós-operatório da Otoplastia. Caso venha a ocorrer, um analgésico comum, resolverá o problema. São colocados sobre as orelhas pensos durante  um período de cinco a sete dias, durante os quais dever-se-á evitar que o paciente se deite de lado. Após retirar o penso, o paciente deverá usar uma touca para dormir, durante um mês ou mais. Os pontos são retirados no 10º ou 12º dia após a cirurgia. É recomendável evitar a exposição demorada ao Sol no primeiro mês. Embora o efeito imediato seja satisfatório, o resultado definitivo da plástica das orelhas só poderá ser constatado por volta do sexto mês.

AGENDE A SUA CONSULTA DE AVALIAÇÃO  AQUI»



Fale com quem sabe

Ligue
Telefone (+351)
213 806 250

ou marque Online

Escolha o dia e a hora
e confirmamos rapidamente

Subscreva a Newsletter
E receba todas as novidades e promoções

 
* (Dados Obrigatórios)